mormon.org Mundial

Qual é a posição da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos dias com relação à homossexualidade e o casamento entre pessoas do mesmo sexo?

Resposta Oficial

Na Bíblia, Paulo pregou aos romanos que o comportamento homossexual era pecaminoso (ver Romanos 1:24–32). Nos tempos do Velho Testamento, Moisés incluiu em sua lei que o relacionamento homossexual era contra a lei de Deus (ver Levítico 20:13).

Gordon B. Hinckley, que foi Presidente da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, fez a seguinte declaração sobre a homossexualidade: “Cremos que o casamento entre homem e mulher foi ordenado por Deus. Acreditamos que o casamento pode ser eterno por meio do exercício do poder do sacerdócio eterno na casa do Senhor (“A Família: Proclamação ao Mundo” que foi escrita por doze Apóstolos modernos por intermédio de inspiração do Senhor).

“As pessoas nos perguntam sobre nossa posição em relação aos que se consideram homossexuais. Respondo dizendo que os amamos como filhos e filhas de Deus. Eles talvez tenham certas inclinações que sejam fortes e difíceis de controlar. A maioria das pessoas tem um ou outro tipo de inclinação em diversos momentos. Se eles não se deixarem levar por essas tendências, poderão viver como todos os membros da Igreja. Caso violem a lei da castidade e os padrões morais da Igreja, estarão sujeitos à ação disciplinar da Igreja, assim como todos os demais.

Queremos estender a mão para essas pessoas, fortalecê-las e ajudá-las em seus problemas e suas dificuldades. Mas não podemos consentir que elas se entreguem à conduta imoral e tentem apoiar, defender e viver uma situação marital com pessoas do mesmo sexo. Permitir tal coisa seria desprezar os fundamentos extremamente sérios e sagrados do casamento instituídos por Deus e seu propósito, que é o de criar famílias” (Gordon B. Hinckley, A Liahona, janeiro de 1999, p. 83).

  • Somos todos filhos e filhas de Deus sábio e misericordioso. Ele ama heterossexuais e homossexuais igualmente; Ele não tem favoritos. Mas isso não significa que sempre fica feliz com as decisões que tomamos na vida. Deus quer que todos os seus filhos sejam felizes, para que nos deu mandamentos para viver de acordo com vários e disseram-nos que se vivermos esses mandamentos, encontraremos alegria. Ele sabe que alguns mandamentos será difícil para nós, a seguir, mas no final, se perseverar, ganharemos a compreensão de por que o mandamento é necessário e como ele pode abençoar nossa vida. Leis morais de Deus s concentrar-se sobre o casamento entre homens e mulheres e, em seguida, o relacionamento íntimo e físico que segue. Ele quer que esse relacionamento íntimo e físico especial e, portanto, estabeleceu nos limites. Qualquer relacionamento íntimo e físico fora do casamento, inclusive os relacionamentos do mesmo sexo, não levará a verdadeira felicidade. Deus plenamente compreenderem a poderosa de desejos sexuais, mas espera que utilizam esse desejo e mantê-lo dentro dos limites estabelecidos por ele. Se não somos abençoados para cumprir um parceiro adequado nesta vida, ou se nossa atração com alguém do mesmo sexo, Deus preferiria-na permanecer casto. Ele mais facilmente pode abençoar-nessas circunstâncias e permitir que tenhamos uma satisfação e a vida sem a intimidade sexual de cumprir. Em última análise, é para que a pessoa escolher, mas a verdadeira felicidade só pode ser alcançada por meio da obediência. Mostrar mais

Sem Resultados