mormon.org Mundial
Bia: artista, missionário, brasileiro, negra, serviço, alegria, Mórmon.

Oi, eu sou Bia

Sobre mim

Sou uma jovem sonhadora e aventureira. Amo descobrir coisas e lugares, conhecer novas pessoas e ouvi-las. Amo fazer arte. Amo desenhar, pintar, estudar, criar, escrever, pesquisar, ler, tocar instrumentos. Sou solteira e tenho muitos sonhos e planos para o futuro. Um deles é servir as pessoas incondicionalmente, da forma que puder. Criatividade faz parte de mim e estou sempre buscando novas ideias. Sou bem ativa e não gosto de ficar parada.

Por que sou mórmon?

Conheci a Igreja bem pequena, ainda na infância. Meus pais sempre me diziam a ter meu próprio testemunho, mesmo que eles fossem minha luz, eu deveria ter a minha própria. Ao crescer vi que todas as coisas em minha vida tinham a ver com o evangelho de Jesus Cristo. Era impossível não se lembrar de como Ele se sentiria se estivesse ao meu lado, e ainda hoje sinto essa influência e a esperança que nunca estou sozinha. A Igreja completa a falta que temos dentro de nós, preenche a alma e o coração e mostra qual caminho é o correto a se seguir. Sei que onde estou é um lugar de paz e segurança. Com quem estou nunca me deixará perder-me e como estou, sim, estou feliz por que aqui há alegria, muita alegria. O Senhor meu Pastor é, e nada me faltará, Ele fez esse evangelho perfeito para sabermos que em Seus caminhos não há sombras de dúvidas nem desespero, Ele sabe onde pisamos e nos guia nesse caminho.

Histórias Pessoais

Reflita sobre suas atividades diárias. Quais são as coisas que você faz diariamente e que não consegue ver o resultado final? Como a fé leva você a agir?

A fé é como o café da manhã que nos dá energia até a próxima refeição. Se não nos alimentarmos e trabalhar arduamente, ter uma manhã cheia de tarefas e afazeres, nossos esforços não fluirão como deveria. Mas se comermos bem e alimentos ricos e saudáveis, com certeza, teremos força para fazer todas as coisas. A fé em Jesus Cristo, a oração como pedido de força e orientação a Ele é um alimento espiritual que faz nosso dia seguir bem. Mas se procrastinarmos esse poder, nenhuma força estará conosco. A fé é tão forte e só precisamos confiar nela, que tudo vai para o seu lugar. Isso põe em ordem quando eu busco orientação, mas quando dispenso essa ajuda, é como um dia perdido.

Como vivo minha fé

Onde frequento as reuniões da Igreja sou bem útil em todos os horários. Devido a habilidade com música e arte, sempre aparece alguém precisando de ajuda, e não penso duas vezes, vou imediatamente. Quando chega alguém novo tenho desejo de conhecer e acolher a pessoa, fazê-la sentir o que sinto quando estou ali. Sentimentos de gratidão e satisfação me fazem completa e querer compartilhar isso com quem ainda não o sentiu. Estar com minha família e meus amigos me fazem sentir confortável; meus líderes me fazem sentir-me segura e tranquila, eles sabem o que o futuro espera de nós.