mormon.org Mundial
Gustavo Azevedo: Mórmon.

Oi, eu sou Gustavo Azevedo

Sobre mim

Bom, sou uma pessoa bastante tranquila e muito positiva, sempre busco o melhor e o objetivo em todas as coisas. Costumo praticar alguns esportes, e gosto bastante de manter uma boa saúde... Gosto bastante de ajudar as pessoas, servindo-as! Geralmente sou bem divertido e bastante sério ao mesmo tempo. Bastante determinado nas coisas do Senhor e as quais eu desejo.

Por que sou mórmon?

É muito simples para que eu possa responder o por que de ser mórmon... A minha fé, junto com meu coração, soube nas primeiras palavras do evangelho encontrado no Livro de Mórmon, então... eu testifico que o Livro de Mórmon é um livro sagrado, é outro testamento de Cristo, que tudo que contém nele é totalmente verdadeiro, todos os ensinamentos me ajudaram a ser alguém melhor e mais próximo de Cristo, o que esse evangelho trouxe pra mim e para a minha família é algo incrível! Nossas dificuldades, nossos melhores momentos, tudo tem um propósito em nossas vidas, o Senhor permitiu que eu pudesse progredir no Seu caminho com bastante fé. O Seu evangelho é fundamental dentro das famílias hoje em dia, para saberem de todas as verdades, para serem eternas e serem felizes.

Histórias Pessoais

De que maneira suas orações foram respondidas?

O Senhor me mostrou por meio do Espírito Santo, pelas pessoas, pelos meus pensamentos, Ele nos mostra e nos prova de diversas maneiras, esteja preparado para isso...

Como o Livro de Mórmon ajudou você a entender o propósito da vida?

Que temos uma razão para estarmos aqui, para voltarmos a presença do Pai Celestial, então, devemos seguir Seu Evangelho e perseverar nele até o fim.

Como vivo minha fé

Como os dias de hoje são bem tecnológicos, foi possível juntar os membros para se organizarem em relação a seus deveres na ala e também para combinarem de fazerem atividades fora da igreja, algo bastante importante nos dias de hoje. Bom, o ponto principal da minha ala é a união... São pessoas que costumam se ajudarem bastante, evitando quaisquer problemas que aconteçam entre a pessoas, nas organizações, nas referências aos missionários, nas visitas familiares e junto aos missionários (essa é uma grande oportunidade de obter inúmeras experiências e grande conhecimento). Gosto bastante da parte que envolve servir, é um momento em que podemos dar nosso esforço em prol de um bem para uma pessoa, que acaba sendo um bem maior para todos, como um serviço na casa de um membro, uma atividade pra ajudar os jovens a pagarem seu acampamento.