mormon.org Mundial
Michelly: Missão, Salvador, jovens, fé, Mórmon.

Oi, eu sou Michelly

Sobre mim

Olá! Estudei dois semestre de psicologia e trabalho com o acompanhamento de pessoas que tem doenças crônicas. Meus passatempos favoritos são ler, ouvir musica e conversar com meus amigos que fica ainda melhor se estivermos compartilhando uma boa pizza. Eu sou realmente apaixonada por gatos e meu chocolate favorito é o Twix.

Por que sou mórmon?

Eu me lembro claramente quando conheci o evangelho a cerca de dois anos atrás. Talvez, no primeiro momento e nas primeiras palestras dos Missionários eu não tenha visto muito sentido em tudo aquilo que era dito e ensinado, mas hoje reconheço que o evangelho literalmente deu sentido a minha vida. A cada dia que passa, a cada domingo em que vou para a igreja e assisto às reuniões eu me sinto mais completa e sinto que estou fazendo o certo. Sei que este é o caminho. Amo o meu Salvador e posso sentir o seu amor por mim cada vez maior em cada dia a cada dia em que eu abro mão de fazer algo que eu desejo para fazer a vontade dele. Sei que ele Vive! E que ele ama a todos nós e está ao nosso lado sempre.

Histórias Pessoais

Por que/Como vocês compartilham o evangelho com seus amigos?

O evangelho é algo maravilhoso e perfeito. Ele abençoa e muda vidas. Pense ema algo, por exemplo, a coisa mais gostosa que você já comeu e pensou "Uau! Preciso falar para o meu amigo experimentar isso!". Isso é o evangelho para mim. Ele é tão maravilhoso que não posso guarda-lo só para mim. Quero que as pessoas sintam a mesma felicidade que eu sinto e possam saber que temos um Pai Celestial que nos ama.

Como seu conhecimento do Plano de Felicidade mudou/beneficiou sua vida?

Graças a esse plano sei que nada que vivo aqui na terra é em vão. Cada experiencia que tenho será levada comigo eternamente. O plano de felicidade me dá a alegre certeza de que minha família estará comigo pra toda eternidade.

Como vivo minha fé

Atualmente eu não possuo nenhuma "obrigação" na igreja, não recebi nenhuma chamado por estar prestes a sair para servir missão de tempo integral. Mas, apesar de não ter nada que é de responsabilidade minha, eu tento ajudar em tudo que eu posso. Como sai recentemente da organização dos Jovens, eu faço o possível para ajuda-los em seus projetos e atividades. Ao ajuda-los posso sentir ainda mais o forte o amor do Salvador Jesus Cristo e tenho um sentimento dentro de mim de estar fazendo a coisa certa.