mormon.org Mundial
Mayara Nardoto: Família, Filhos, Dona de Casa, Estudante, Esposa, Missionária, Mórmon.

Oi, eu sou Mayara Nardoto

Sobre mim

Sou esposa à 11 anos, mãe de um carinhoso príncipe e uma encantadora princesa. Fiquei alguns anos me dedicando inteiramente ao lar, meus filhos e meu esposo. Este ano, juntos, decidimos que preciso voltar a estudar, estou fazendo curso de inglês e curso para concursos públicos. Amo ler, escrever, tirar fotos, ficar com a família, passear, dançar, ir a praia e AMO FUTEBOL.

Por que sou mórmon?

Me casei aos 17 anos, tive meu primeiro filho com 18 anos. Quando me casei, eu e meu esposo tínhamos o mesmo sentimento, de algo estar faltando em nossas vidas, tínhamos dúvidas, muitas perguntas sobre o propósito de nossa vida. Nossos pais eram católicos, tentamos frequentar uma outra igreja... mas o sentimento ainda permanecia. Foi quando minha mãe conheceu a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e logo nos apresentou. Meu esposo ficou meio resistente, achou que era só mais uma igreja, mas aceitou receber as palestras dos missionários, logo de início ficamos encantados, encontramos quem poderia responder a todas as nossas dúvidas. Era isso que faltava em nossa vida. Fizemos o que os missionários nos pediu, "Convidamos todos os homens de toda parte a lerem o Livro de Mórmon, ponderarem no coração a mensagem que ele contém e depois perguntarem a Deus, o Pai Eterno, em nome de Cristo, se o livro é verdadeiro. Os que assim fizerem e perguntarem com fé obterão, pelo poder do Espírito Santo, um testemunho de sua veracidade e divindade. E assim fizemos. Lembro até hoje, nós dois de mãos dadas ajoelhados em nossa cama, orando pela primeira vez com todo o nosso coração. E aqui estamos, vamos fazer 5 anos como membros de a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Hoje sabemos o valor da família, de ser pais, o valor dos filhos. Aprendemos a cada dia sobre os propósitos do Pai Celestial, sobre seu evangelho. Aprendemos a ser autossuficientes, o valor da família, a fazer orações, estudar as escrituras, a fazer reunião familiar. Hoje não somos nada sem o Senhor em nossas vidas. E que o que faltava, era Ele.

Histórias Pessoais

Como podemos desenvolver mais harmonia em nosso lar?

Tenho buscado a cada dia desenvolver mais harmonia em meu lar, sinto que ao iniciarmos nossa semana com a reunião familiar tem nos ajudado a manter o espírito tão especial quanto ao que sentimos no Dia do Senhor ao ir a Igreja. Ao iniciar o nosso dia com uma oração familiar, antes de dormir também. Ao estudarmos as escrituras individualmente e juntos. O Senhor nos proporcionou meios para tornarmos o nosso lar realmente um pedacinho do céu, é um trabalho em conjunto. Todos nós precisamos fazer a nossa parte.

Como o Livro de Mórmon o aproximou mais de Deus?

Hoje dia 04.09.16 foi dia de testemunho na Igreja, e meu esposo contou a forma que ele tem lido o Livro de Mórmon, como se ele estivesse fazendo parte daquela época, de cada acontecimento. E me fez refletir, em como eu me sinto ao ler o Livro de Mórmon. É como se o Senhor estivesse aqui sentado comigo, consigo sentir todo o Seu amor, todo o seu cuidado, sua proteção. Consigo me sentir confortada, como se eu estivesse sendo envolvida em Seu abraço. Me faz ter a certeza de que não estou só. E faz com que eu tenha o desejo a cada dia de ser melhor e estar mais próxima Dele.

Quais bênçãos você tem recebido por meio da fé em Jesus Cristo?

É incrível como minha vida mudou, depois que eu decidi centralizar minha vida em Jesus Cristo. A cada dia minha Fé em Cristo aumenta! Hoje sou movida pelas coisas que me elevam para mais próximo Dele, isso me dá uma alegria a mais, a minha Fé Nele me move. Ontem estava escrevendo em meu diário, os sentimentos que eu tive ao ir e ao voltar do meu curso de inglês. A felicidade que transborda em meu coração, por vê minha família se fortalecendo, sendo firmes e dedicados com os estudos das escrituras, nossas orações em família agora flui naturalmente e começamos o nosso dia unidos, e com os pensamentos voltados para o Senhor. Hoje eu sinto que estamos trilhando para o caminho correto, sinto o quanto minha família e eu estamos cada vez mais próximos do Senhor. Hoje nossas vidas tem propósitos! Paro e penso toda hora, em meu casamento, em nosso lar, em nossos filhos... e vejo que aonde chegamos foi pela nossa Fé, pela nossa dedicação! Sou muito muito grata por reconhecido a tempo de que não era nada sem Ele.

Por que os mórmons fazem o trabalho de história da família ou genealogia?

Sou missionária de tempo parcial de História da Família, irei completar 1 ano em dezembro e já pedi minha prorrogação. Como é especial este trabalho! Como eu tenho aprendido, e como sou grata por poder estar perto de pessoas que se dedicam intensamente nesta obra maravilhosa. Quando eu conheci a História da Família, eu havia perdido minha avó e minha tia, e eu e minha mãe estávamos cada vez mais distantes uma da outra. Quando eu iniciei a minha história, passei a enxergar com os olhos espirituais, aprendi o quanto é importante a nossa história, e cada membro de nossa família, que as vezes nem tivemos oportunidade de conhecer, e os que nós conhecemos não demos muita importância para suas histórias, trajetória. Isso fez com que eu me voltasse para eles de uma forma inexplicável. Hoje eu os amo verdadeiramente, quero aprender sobre eles, sobre suas lutas, suas conquistas... e quero que eles saibam o quanto eu os amo e são tudo para mim. Fui pesquisar para entender o por que os membros fazem este lindo trabalho, e aprendi: "temos de fazer o trabalho necessário para aqueles que não tiveram a oportunidade de aceitar o evangelho em vida." "Todos precisamos aprender como salvar nossos próprios mortos, identificando-os de modo adequado para que então possamos realizar o trabalho por eles nos templos." Aprendi que os que se dedicam à história da família e, a seguir, realizam as ordenanças do templo para aqueles cujos nomes pesquisaram, conhecem a alegria adicional de receber a bênção por inteiro.” Como sou grata por saber de todas estas coisas, e por poder fazer este maravilhoso trabalho para meus antepassados.

Poderia explicar o papel que a oração desempenha em sua vida?

Esta pergunta me fez lembrar na designação que eu tive no domingo passado dia 23.10. Foi pedido para que eu compartilhasse com as crianças no tempo de compartilhar sobre a oração, e a minha experiência. Contei para eles que no início eu não sabia orar para nosso Pai Celestial, eu tinha vergonha, medo, e nada saia da minha boca. Foi quando eu determinei em minha vida que iria orar com todo o coração, que eu realmente iria me abrir para o Senhor foi quando eu comparei minha mãe ao Pai Celestial, todos os dias eu ligo, mando mensagem para ela, pois quero que ela saiba o quanto é amada, o quanto sou grata por tudo o que ela tem feito para mim e minha família, e também para pedir conselhos. Assim devemos ser com o nosso Amado Pai Celestial, confesso a vocês que tenho me pegado falando com Ele, agradecendo, pedindo orientação, dizendo o quanto eu O amo, a toda hora do meu dia. Isso tem me trazido paz, tenho sentido conforto e o quanto sou amada e não estou sozinha. Como sou grata por saber que o Senhor pode me ouvir e que Ele me conhece e cuida de mim.

Como vivo minha fé

Em dezembro completo 1 ano como missionária de tempo parcial de História da Família, também faço estudos dos Livros de Mórmon, Velho Testamento, Novo Testamento no Instituto Online. O meu chamado na Igreja é de Conselheira da Primária e Professora Visitante.