mormon.org Mundial
Jamerson: Estudante, Escritor, Designer, Élder, Jovem, Missionário, Mórmon.

Oi, eu sou Jamerson

Sobre mim

Olá. Meu nome é Jamerson, ou James. Sou escritor, atualmente sonho em lançar o meu primeiro livro, Armstrong. Sou criador de um 'fórum' para estudantes e outros que buscam conhecimento e informação, trabalho este que eu me orgulho muito. Gosto demasiadamente de obras nacionais, seja na leitura seja na música. Particularmente, acho a leitura um modo essencial de vida, é prazer, sabe? É poder se completar. Me inspiro bastante em Fernando Pessoa, Eça de Queirós e alguns outros para escrever, além de escritores mais atuais como Bernard Cornwell. Tenho grande pretensões, acho que todo ser humano tem. Estamos aqui para algo muito maior. Estarei servindo como missionário de tempo integral na missão São Paulo Norte. 2017~2019. É um privilégio do Senhor!

Por que sou mórmon?

Todo ser humano deve encontrar o melhor para ele, independente de sua crença, fé ou religião. Sempre busquei o melhor para mim, mesmo não levando a fé comigo. No momento em que eu conheci a honra que é ser um dos Santos, eu parei e pensei "não há no mundo tal padrão. Não há tanta beleza em um só lugar." A alma se deleita nisto, minha fé, que era nula, cresceu de um modo nunca visto, a gente passa a entender melhor a vida quando encontramos algo que nos toma o coração. Sou mórmon pois sou feliz aqui de um modo que nunca fui em outro lugar, pois sei que, de acordo com minha fé, este é o meu lugar. Não há restrições, há liberdade. Há pureza, há amor.

Histórias Pessoais

Como seus dons e talentos abençoam outras pessoas?

Estamos aqui para um propósito maior, por isto dedico grande parte de meu tempo para ajudar as pessoas. Tenho talentos que podem ajudar diversas pessoas. É para isto que, creio eu, eu estou aqui. Devemos agir como nós somos, devemos viver, mas também devemos ajudar ao próximo, é isto que eu faço, de minha maneira pois entendo que cada ser é único.

Por que os mórmons saem em missão?

Ser um missionário de tempo integral não é somente um dever, mas também uma honra. Os 'mórmons' saem em missão para que as pessoas tomem conhecimento do Evangelho de Cristo e de sua igreja, para que possam ter a esperança de uma vida melhor e, um dia, voltar a habitar com Deus, e ter a plenitude da felicidade. Esperança; uma palavra bem simples, mas que nos dias de hoje é proclamada por todos os povos. Cristo é a esperança para todos. Os missionários levam uma mensagem de amor e de luz, de esperança e paz, de conhecimento e verdade. Para que as pessoas tenham Fé em Jesus Cristo, para que possam viver o Evangelho Restaurado, se batizem, tenham consigo sempre a companhia do Espirito Santo e perseverem até o fim. Nós, missionários, somos as únicas pessoas capaz de levar as pessoas a salvação. Não há mais ninguém. Não há nenhum outro lugar que possua essa autoridade, senão na Igreja de Cristo.

Como vivo minha fé

Não foi difícil tornar-me um dos Santos. Há uma dificuldade em tornar a viver os padrões que nos são exigidos, mas é questão de - não só fé - mas de felicidade. Eu me encontrei em tais padrões, não foi difícil tê-los, mas é difícil vivê-lo em uma sociedade como a nossa. A fé é algo que vem de dentro, sabe? É um amor que há em ser um dos Santos. A gente passa a entender melhor isto, a viver isto, a viver lado a lado com a doutrina, com o espírito. 'Ter fé é ser mais humano', é também fazer renuncias, mas para o bem. Vivo a minha fé demonstrando-a apenas para mim, sei quem eu sou, as pessoas podem não entender, mas Eu não estou aqui para isto, ou se está dentro ou está fora. Sigo-a.