mormon.org Mundial
Sara.: Mormon, Feliz, Cristã, Mórmon.

Oi, eu sou Sara.

Sobre mim

Gosto muito de desenhar e ler e estou me preparando para servir uma missão de tempo integral, fico muito feliz por poder ajudar a expandir o reino de Deus aqui na Terra com o simples ato de pregar o Evangelho.

Por que sou mórmon?

Eu sou mórmon porque acredito no poder de Deus de ser eterno, eu sei que Sua palavra é imutável e a mesma que foi dada ontem é dada hoje da mesma maneira, por intermédio de profetas, profetas vivos! As coisas que encontrei na Igreja de Cristo contém a plenitude do Evangelho, coisas que por mais que me dedicasse a procurar em outras denominações não encontraria, pois tais coisas só podem ser encontradas na verdadeira Igreja de Cristo. Sei que Deus vive, que mesmo com toda a descrença da humanidade Ele não parou de revelar Suas verdades aos Seus servos, os profetas, homens que desde a vida pré-mortal foram designados a guiar o povo de Deus nesse mundo, sou imensamente grata ao Pai Celestial pela benção de fazer parte de Sua família eterna e por ser membro de Sua Igreja restaurada, que age hoje com a mesma organização que foi estabelecida por Jesus e com o mesmo poder.

Histórias Pessoais

De que maneira suas orações foram respondidas?

Durantes as lições me dadas por meio dos missionários, pude sentir que as coisas que eles me ensinavam eram reais e verdadeiras e assim tive a certeza de qual decisão tomar, e a decisão que tomei foi a de ser batizada e confirmada membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e posso dizer com com toda a certeza que essa foi a melhor decisão que tomei em todos o meus dias até o dia que aceitei o Evangelho de Cristo.

Como vivo minha fé

A Ala cuja sou participante é bastante acolhedora e unida, repleta de pessoas perseverando com o mesmo objetivo, o dia mais alegre da semana é o dia de domingo, onde todos nos reunimos para renovar nossos convênios batismais e compartilhar um pouco do nosso conhecimento, além de aprender mais sobre o Evangelho nas aulas que nos são passadas por pessoas preparadas para ensinar. Logo que fui batizada fui recebida de braços abertos para fazer parte daquela família e ser mais uma contada entre as ovelhas de Sião.