mormon.org Mundial
Cabral: Mórmon.

Oi, eu sou Cabral

Sobre mim

Com Mestrado em Língua Portuguesa e literaturas, sou professor universitário, coordenador e diretor escolar. Deleito-me com a boa literatura, gosto também de futebol e de viagens a lugares rurais, bucólicos, pois sinto-me bem junto à natureza. Casado, tenho dois filhos.Academicamente, desenvolvo pesquisa de literatura e linguística com publicações nessas áreas de estudo. Sinto-me feliz ao servir, de forma dedicada e voluntária, às pessoas por meio da Igreja. Filantropicamente, desenvolvo, ainda, trabalho de ajuda humanitária.

Por que sou mórmon?

Durante muitos anos, mesmo frequentando uma igreja, não encontrei resposta para cada uma das angustiantes e insistentes interrogações que fazia a mim mesmo, presentes até mesmo em minhas criações poéticas.: De onde vim? Por que estou aqui? Para onde vou após morrer? E as pessoas que tanto amo, minha família, não mais as terei? Qual é o propósito da vida? Procurei-as muito, mas não sabia onde as encontrar! Numa véspera de natal, o de 1991, duas missionárias de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias apresentaram a mim e a minha família o Evangelho de Jesus Cristo restaurado. Em fevereiro de 1992 nos batizamos - naquele natal ganhamos um presente desejável a todas as pessoas - encontramos as respostas que buscáramos por tanto tempo, a paz e a alegria que procuráramos!!! Hoje, nossa família esforça-se para viver de modo a merecer as bençãos e privilégios que temos recebido de nosso Pai Celestial por meio do VERDADEIRO Evangelho de Seu Filho, Jesus Cristo.

Como vivo minha fé

A Igreja oferece-nos extraordinárias oportunidades, para que ajudemos as pessoas por meio dos vários cargos que ela nos estende. Sou muito grato, uma vez que já pude servir como Presidente de Ramo, Bispo,Presidente de Estaca,Conselheiro de Missão,.Mestre-familiar...Mais relevante mesmo é que Independente de qual chamado seja, sempre nos sentimos próximos ao nosso Pai Celestial, quando servimos as pessoas.Ao servi-las com amor e de coração puro sentimos que estamos servindo ao próprio Pai Celeste e a Seu Filho, Jesus Cristo.E, assim, crescemos, pois esquecemos de nós mesmos!