mormon.org Mundial
Luciene Assunção Chaves dos An: Advogada, Conversa, Mãe de família, Sociedade de Socorro, Servir, Família, Mórmon.

Oi, eu sou Luciene Assunção Chaves dos An

Sobre mim

Amo ler livros de romance, biografias, auto-ajuda entre outros. Gosto de atividades ao livre e de sair com os amigos. Também gosto de assistir filmes e séries de TV e navegar na internet.

Por que sou mórmon?

Desde muito jovem perguntas sobre "Quem sou eu?", "Por que estou aqui?", "Para onde vou?", "Qual o meu propósito aqui na terra?", afligiam minha mente e eu procurei a resposta em diversos locais. Frequentei diversas denominações religiosas e seitas, mas foi tão somente ao ouvir dois jovens missionários que obtive tais respostas. De fato, não sei todas as respostas ainda, mas sei onde encontrá-las. Sou membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos do Últimos Dias há mais de 18 anos. Fui selada ao meu marido para o tempo e para toda a eternidade há 17 anos. Sou feliz por saber que sou uma filha de Deus, que tenho possibilidade de me tornar como Deus é. Sei que Jesus Cristo é o Salvador de toda a humanidade e que Ele nos ama de todo o coração e que ao seguirmos Seus mandamentos encontraremos felicidade nesta vida e na vida futura. Temos profetas e apóstolos vivos que guiam a Igreja de Cristo. O Livro de Mórmon é a palavra de Deus dada as homens e traduzida pelo poder e dom de Deus por Joseph Smith. Ele viu Deus e Jesus Cristo e falou como Ele como um homem fala a outro homem.

Histórias Pessoais

O que você tem feito com sucesso para proteger sua família de influências indesejadas?

Para proteger minha família de influências indesejadas eu procuro ensinar e aplicar em minha família padrões elevados de conduta. Não assistimos ou ouvimos nada que seja impuro, degrade a mulher ou qualquer outro ser humano, músicas e ritmos que mudam nossa perspectiva de quem somos, que tomem o nome do Senhor em vão ou que incentive a prática do mal. Nossa linguagem deve ser pura, livre de palavrões e xingamentos. Mantemos nossos pensamentos elevados. Sempre que um mal pensamento surge logo o expulsamos cantarolando um hino ou música edificante ou declamando mentalmente um escritura previamente decorada.

Como vivo minha fé

Sou Presidente de uma organização de mulheres (a maior do mundo) na minha cidade. Já organizei diversos acampamentos para Moças, e muitas outras atividades para crianças, jovens e adultos. Sou voluntária.