mormon.org Mundial
Rodrigo: brazil, missionário, 18 anos, arquitetura, música, piano, Mórmon.

Oi, eu sou Rodrigo

Sobre mim

Meus avós por parte de mãe e pai se batizaram quando meus pais eram crianças, assim eles foram criados na Igreja desde pequenos. Meus pais foram casados no templo e depois de algum tempo eu e minhas irmãs nascemos. Desde criança aprendemos sobre o evangelho e vivemos os princípios. Eu tenho 18 anos e fui chamado para servir na Missão Brasil Porto Alegre Sul. Sou estudante de arquitetura e pretendo ter um escritório no futuro. Toco piano desde criança e música é uma das minhas maiores paixões.

Por que sou mórmon?

Eu sou mórmon porque A Igreja de Jesus Cristo é a mesma que ele estabeleceu na Terra quando esteve aqui. Essa igreja de Cristo foi retirada da Terra quando os apóstolos morreram, mas foi restaurada por Joseph Smith em nossos dias. Eu sei disso. Meu testemunho dessas coisas é o que me motiva a ir à igreja todos os domingos, servir nos meus chamados, servir como um missionário de tempo integral. Meu testemunho me molda para ser uma pessoa cada vez melhor. Os ensinamentos de Cristo são o caminho pelo qual nós podemos voltar a viver com Ele e com Deus depois dessa vida. Eu sei disso e não tenho dúvidas.

Como vivo minha fé

Como membro da Igreja eu sempre tive uma vida diferente dos colegas da escola e da faculdade. Eu sou um dos únicos que não bebe ou fuma, que não fala palavrão e matem uma conduta diferente. Eles sempre me viram como uma pessoa realmente diferente, meus hábitos de ir à igreja todos os domingos, ter atividades durante a semana e viver dessa maneira sempre chamaram atenção e a curiosidade deles. Eu tento sempre ser um exemplo para aqueles que estão a minha volta, muitas pessoas que eu nem conheço me observam e podem falar que eu sou diferente, eu vivo a minha fé pelo meu exemplo e pelas minhas obras. O exemplo é a primeira impressão que causamos nas pessoas, eu tento dar o meu melhor sempre para que eu possa atrair pessoas a me conhecerem e consequentemente conhecer a igreja. Assim que as pessoas me conhecem, eu demonstro o interesse de ensiná-las a respeito da igreja e mostrar pelas minhas ações a minha fé, testemunho e confiança no Pai Celestial.