mormon.org Mundial
Jamile A. dos Santos: Mórmon.

Oi, eu sou Jamile A. dos Santos

Sobre mim

Meus pais conheceram a igreja quando eu tinha 08 meses de nascida, desde de então cresci aprendendo a sempre buscar o que é melhor para minha vida. Nas escrituras encontro grandes exemplos a ser seguidos, conselhos, admoestações e consolo. Quando leio sinto-me como se o Senhor estivesse conversando comigo, e é nesse momento que fortaleço meu Espirito, com coisas boas e edificantes.

Por que sou mórmon?

Hoje continuo sendo membro, não porque meus pais disseram, ou porque os missionários me convenceram, mas sim porque em Espirito de oração busquei saber se essas coisas são verdadeiras através da oração. O Espirito Santo me testificou dessas verdades por meios de sentimentos de paz e conforto, pude me sentir bem e feliz. Amo o Pai Celestial, sou grata pela expiação de Cristo, uma das portas que Ele abriu para voltarmos a viver com Eles, compartilhando se uma alegria que pode se tornar eterna. E a cada dia essa certeza de que o evangelho de Cristo é verdadeira se confirma em meu coração. E testifico que o Senhor responde nossas orações, e esta sempre ao nosso lado. E hoje posso dizer com toda convicção Sou mórmon e sou feliz!

Histórias Pessoais

Poderia explicar o papel que a oração desempenha em sua vida?

As orações tem um papel muito importante em nossas vidas, porque é um meio pelo qual podemos nos aproximar mais de Deus e Jesus Cristo, é o único meio de comunicação que temos com o Senhor, também é uma forma de tornarmos mais humildes perante Eles.

O que o ajudou a ter mais harmonia em seu lar?

O que me ajudou e ajuda são as orações. O Senhor sabe das dificuldades que passamos, e Ele é a pessoa que pode nos ajuda a vencer as dificuldades da vida. O conforto e a paciência, que me concedeu pude com sabedoria lidar com as dificuldades.

Como vivo minha fé

Pertenço a Ala Nelson Costa, a partir dos meus 16 anos, trabalhei em vários chamados, mas hoje aos 20 anos, meu chamado atual esta sendo o de primeira conselheira das moças, estou ajudando as jovens a compreender o que o Pai Celestial espera de cada um de nós, sou grata ao Pai Celestial pela oportunidade que nos deu de vim a terra, para cumprir com o seu grande plano de um dia voltarmos a sua presença e tornarmos mais semelhante a Ele. E por minha fé em provação, é um período necessário para nossa vida, e retribuir o amor que Deus sente por nós.