mormon.org Mundial

Oi, eu sou Freddy!

  • Freddy Marin
  • Freddy Marin
  • Freddy Marin
  • Freddy Marin
  • Freddy Marin

Sobre mim

Sou pai e, nos fins de semana, jogamos videogame, futebol, beisebol e outros jogos, ou seja, adoro esportes. Também vamos muito à praia, onde aproveitamos cada momento juntos na areia. Adoro música, principalmente dos anos 70, 80 e 90. Tenho uma grande coleção de músicas dessas décadas. Meu trabalho exige que eu viaje muito, por isso conheço muitos povos e muitas culturas. Gosto do meu trabalho e sempre procuro aprender algo novo em todas as viagens de negócios que faço. Adoro comer fora com minha esposa e meus amigos. Sempre nos encontramos com nossos amigos mais próximos durante a semana. Também gosto de fazer pizza no forno a lenha e fazer churrasco. Sempre nos divertimos juntos!

Por que sou mórmon?

Sei que os princípios que aprendi desde pequeno me ajudaram a ser quem sou hoje e a fortalecer minha família. Nunca esqueci esses princípios e eles me permitiram alcançar meus objetivos profissionais e espirituais. Esses princípios me ensinaram a ser um exemplo para as outras pessoas. Ser mórmon me ajuda a entender que Deus tem um plano para mim, para minha família e para cada pessoa no mundo. Se você se esforçar por cumprir as leis de Deus, Ele fará Sua parte e cumprirá Suas promessas porque você guardou Seus mandamentos.

Histórias Pessoais

De que maneira suas orações foram respondidas?

Minhas orações foram respondidas em épocas de dificuldade, quando busquei orientação e também quando precisei de consolo. Recebo essas respostas em forma de sentimentos depois da oração, sentimentos de tranquilidade e paz, às vezes de felicidade e alegria; isso me mostra que minhas orações foram respondidas. Deus nos ouve e também nos responde, não necessariamente como queremos, mas a Sua maneira, do modo mais claro e simples possível.

Como vivo minha fé

Aprendi que vivendo em retidão podemos receber grandes bênçãos, da mesma forma como recebo os muitos trabalhos que faço. Graças a minha fé, muitas pessoas veem que meus padrões são diferentes e isso faz com que eu me sobressaia e me destaque em muitas tarefas do dia a dia. Servir por dois anos como missionário me ajudou a aprender que somos todos iguais, todos filhos do mesmo Deus. Esse período me preparou para o trabalho que tenho hoje, que me permite conhecer e trabalhar com muitas pessoas seja qual for sua posição na sociedade, aparência ou situação pessoal.