Pular a navegação
Nosso Povo
Nossos Valores
Nossas Crenças
Visite-nos
.
Converse conosco online
Lindsey Stirling: lindsey stirling, violin girl, lindseystomp, Mórmon.

Oi, eu sou Lindsey Stirling

Sobre mim

Durante toda minha infância minha família passou por dificuldades financeiras, mas eu não trocaria os anos simples da minha infância por nada. Foi durante esses anos que eu aprendi que uma tesoura e um tubo de tinta podem transformar a caixa de papelão da geladeira em uma aventura de nave espacial para Marte, que um vestido rosa velho no corpo poderia se tornar um vestido de festa e que comer uma tigela de cereal com meu pai na sala era um tempo bem aproveitado. Apesar das muitas limitações que podem ter reduzido minha opções, foram esses anos que me ensinaram a sonhar alto, a trabalhar duro e a apreciar os momentos pequenos e simples da vida. Desde essa época aprendi violino, comecei o curso de filmagem na Universidade Brigham Young, servi missão em Nova York, me formei em terapia ocupacional na mesma universidade e trabalhei em centros de reabilitação com adolescentes problemáticos. Comecei a buscar uma carreira musical quando participei do “Americas Got Talent” em 2010. Os juízes e muitos outros “profissionais” do ramo da música me disseram que não seria possível ganhar dinheiro com a minha música e que eu não alcançaria minha meta. Aquela mesma garotinha que usava caixas para fazer foguetes perseverou e continuou a sonhar alto. No You Tube conquistei milhões de seguidores no mundo inteiro. Agora sou violinista itinerante e estou realizando meu sonho.

Por que sou mórmon?

Houve uma época em minha vida em que perdi toda a ambição, eu não tinha propósito e comecei a ter ódio de mim mesma. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias foi uma luz essencial em minha vida e me ajudou a sentir amor por mim mesma novamente. Sempre acreditei que Deus tinha um plano para mim, mas ao estudar as escrituras, por meio da revelação pessoal e por meio das palavras de um profeta vivo, recebi um testemunho de que sou filha de Deus e que o plano de Deus é um plano de felicidade. Isso mudou tudo; pude descobrir minhas paixões, ter novamente o desejo de fazer… tudo de novo e encontrei a felicidade que eu havia esquecido que poderia sentir. Sou grata pelo Livro de Mórmon e sei que ele é verdadeiro. Quando o leio me sinto bem e sinto mais paz. Encontrei respostas para perguntas pessoais importantes e isso me ajudou a me aproximar de Jesus Cristo. Religião a parte, quando sigo os padrões da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias sou uma pessoa mais feliz e não posso negar isso. Quando as coisas “importantes” da minha vida me deixam estressada ou me assustam, sou tão grata por poder ir ao templo, orar e ler minhas escrituras e sou relembrada do que é realmente importante. Em um mundo em que tudo está mudando, Deus nos deu algo para nos apegarmos; ele não nos deixou sozinhos.

Como vivo minha fé

A indústria da música tem seu próprio padrão. Já perdi a conta de quantas vezes me ofereceram drogas no camarim ou me convidaram para participar de uma série de atividades que poderiam me prejudicar ou prejudicar outras pessoas. Vivo o evangelho todos os dias ao tomar decisões que me ajudam a permanecer fiel aos meus padrões. Sou violinista itinerante e amo o fato de que no meu ônibus temos um ambiente limpo, respeitoso e sem drogas. Já ouvi histórias desconcertantes sobre a vida dos tours e os terríveis eventos traumáticos que acontecem. No entanto, por causa dos padrões que estabeleci para o meu tour, não há nenhum evento traumático e todos nos tornamos ótimos amigos que estão se divertindo muito. Em qualquer lugar do mundo que eu esteja posso encontrar a Igreja SUD para ir no domingo e isso faz com que eu me sinta em casa.