mormon.org Mundial

Aprendizado por Toda a Vida

Adquirir Conhecimento

Quantas das coisas que possuímos vêm com uma garantia de tempo de duração? Talvez um belo jogo de facas, a mesa da cozinha ou um jogo de ferramentas, se tivermos sorte. Agora, qual de nossos bens tem garantia eterna? Joseph Smith ensinou que: “Qualquer princípio de inteligência que alcançarmos nesta vida, surgirá conosco na ressurreição” , o que significa que tudo o que aprendermos permanecerá conosco e nos beneficiará, mesmo após o término de nossa vida mortal (Doutrina e Convênios 130:18). Deus espera que obtenhamos o máximo de conhecimento que pudermos — na escola, no trabalho e por nossa conta. Isso nos ajudará a enfrentar os desafios da vida, a nos aproximar de Deus e a nos preparar para a eternidade.

A Importância da Educação Secular e Espiritual

Imagine como um músico seria incompleto se ele estudasse somente um tipo de música. Nós crescemos e nos desenvolvemos mais rapidamente quando encontramos equilíbrio entre o estudo espiritual com instrução minuciosa e trabalho, exatamente como Jesus Cristo fez quando veio ao mundo, observando a natureza e aprendendo o ofício de carpinteiro. Nós deveríamos seguir Seu exemplo de “[crescer] em sabedoria, e em estatura, e em graça para com Deus e os homens” (Lucas 2:52).

Os mórmons são incentivados a obter tanto o conhecimento secular quanto o espiritual. O conhecimento secular, pode-se dizer, trata das coisas que aprendemos na escola — matemática, ciência, história, literatura, idiomas, música e assim por diante. O conhecimento espiritual é o que se aprende por meio do estudo das escrituras, da oração e da frequência à igreja — coisas como o plano de felicidade de nosso Pai Celestial, o evangelho de Jesus Cristo e como edificar a fé. Os dois tipos de conhecimento nos ajudam a saber como agir para enfrentar nossos desafios pessoais de forma equilibrada.

Viemos à Terra de acordo com o plano de Deus, para que pudéssemos aprender e experimentar todas as coisas maravilhosas e desafiadoras que o mundo tem a nos ensinar, e devemos ser bons alunos para tirar o melhor proveito de nosso tempo aqui.

O conhecimento secular e o espiritual se complementam. Deus criou a Terra e tudo que nela habita por isso o estudo de geologia, física e biologia nos ensina mais a respeito da grandiosidade de nosso Criador. Escritores e poetas podem escrever com a inspiração celestial, então, quando lemos sua obra, podemos vislumbrar a natureza de nossa alma e o que significa ser humano. Às vezes ouvir boa música pode ajudar-nos a sentir o amor de Deus. Tanto o conhecimento secular como o espiritual trazem benefícios quando usados juntos. Os dois exigem observação, trabalho e prática. Então, apesar de, às vezes, pensarmos que o secular e o espiritual são opostos ou mesmo contraditórios, o conhecimento verdadeiro de Deus e do mundo que Ele criou nos mostra que entender um ajuda a compreender o outro.

Educação e Alfabetização

Saber ler e escrever é essencial para o entendimento das coisas concernentes a Deus e ao mundo. Precisamos saber o que está nas escrituras e em outros bons livros porque progredimos com mais rapidez, tanto materialmente quanto espiritualmente, quando temos mais instrução. Os centros de alfabetização são um dos muitos serviços oferecidos por A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, que também faz doações em dinheiro para promover outros programas internacionais de alfabetização.

Uma boa instrução e a habilidade de ler nos ajudam a obter conhecimento e sabedoria, que nos capacitam a discernir a verdade do erro e fazer boas escolhas. A instrução e alfabetização são também chaves para o crescimento pessoal, a preparação para o emprego, a edificação de famílias fortes, o serviço na Igreja e para fazer uma contribuição significativa à sociedade em que vivemos. A habilidade de ler e a oportunidade de estudar nos ajudam a ser um cidadão, membro da família, empregado e filho de Deus melhor. O Presidente Dieter F. Uchtdorf, membro da Primeira Presidência da Igreja, disse: “Peço-lhes que incentivem sua família (…) a aprender e adquirir mais instrução. Mesmo onde não houver como receber instrução formal, não permitam que isso os impeça de adquirir todo o conhecimento que puderem. Nessas circunstâncias, os melhores livros, de certa forma, podem tornar-se sua ‘universidade’: uma sala de aula que está sempre aberta e admite todos os interessados”. Joseph Smith disse : “É impossível ao homem ser salvo em ignorância” (Doutrina e Convênios 131:6). Cumprir nosso dever de aprender o quanto for possível nos permitirá ajudar o mundo a nossa volta e preparar-nos melhor para encontrar nosso Pai Celestial.

Fundo Perpétuo de Educação

Em 2001, o Profeta da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias na época, Gordon B. Hinckley, anunciou uma “iniciativa arrojada” para ajudar a juventude em áreas em desenvolvimento a obter o estudo pelo qual não podem pagar. O Fundo Perpétuo de Educação (FPE) é um programa que permite aos mórmons sem outros recursos financeiros receber empréstimo do fundo para adquirir treinamento profissional ou educação avançada. Com esse auxílio, eles podem encontrar bons empregos para ajudar a eles e sua família a sair da pobreza. Assim que estão estabelecidos, eles devolvem o empréstimo ao fundo para que outros estudantes possam usar o dinheiro da mesma maneira. “O estudo é a chave da oportunidade”, disse o Presidente Hinckley. Nos últimos nove anos, 40.000 homens e mulheres em 40 países tiveram acesso a essa oportunidade. O programa é mantido por meio de contribuições de membros da Igreja e de outras pessoas que apoiam seu propósito.

Saiba Mais a respeito do Fundo Perpétuo de Educação

Seminários e Institutos de Religião

Cremos que o aprendizado espiritual pode e deve acontecer ao mesmo tempo em que o aprendizado secular, por isso a Igreja mantém seminários e institutos de religião em 142 países do mundo.

O seminário é onde alunos do ensino médio — membros da Igreja ou não — podem frequentar aulas gratuitas de religião durante a semana. A maioria desses alunos reúne-se de manhã bem cedo antes do início das aulas escolares. Os institutos de religião oferecem programas similares para jovens de 18 a 30 anos de idade, e as aulas são concomitantes às da faculdade. As aulas do instituto abordam vários assuntos, inclusive as escrituras, o casamento eterno, a preparação para a missão e muitos outros. No ano passado, mais de 700.000 alunos matricularam-se no seminário e instituto.

Os alunos de hoje têm que estudar muito para alcançar altos padrões escolares, e muitos descobrem que, participar das aulas do seminário ou instituto, realmente os ajudam a lidar com o estresse das atividades escolares. Cremos que, quando aplicamos a dimensão espiritual da fé ao estudo — mesmo de coisas temporais — podemos aumentar nossa capacidade intelectual. “E se vossos olhos estiverem fitos [na glória de Deus], todo vosso corpo se encherá de luz, (…) e [compreendereis] todas as coisas” (Doutrina e Convênios 88:67).